11 programas para se encantar em Salvador

Por Alexandre Moreira

23 abr, 2013

“Você já foi à Bahia? Não? Então vá!” Não foi só Dorival Caymmi que disseminou os encantos da Bahia. Terra das crenças, dos sabores, da música, das cores, Salvador reserva descobertas a cada visita. Alexandre Moreira nos conta programas para sair encantado de Salvador, confira!

01. Praia do Porto da Barra

Tomar um banho no mar de água calma com temperatura quase morna do Porto da Barra, entre o finalzinho da noite e o começo da manhã quando, a praia está vazia.

Praia do Porto da Barra | foto: Tina Magalhães
Praia do Porto da Barra | foto: Tina Magalhães

 

02. De barco


Olhar para Salvador a partir do mar, em passeio de barco pela Baía de Todos os Santos no final de tarde.

A cidade vista do mar | foto: Rita Barreto
A cidade vista do mar | foto: Rita Barreto

 

03. Dique do Tororó

Dar uma volta de carro ao redor do Dique do Tororó a noite para apreciar as esculturas iluminadas dos Orixás que parecem dançar em roda sobre as águas da lagoa.

Orixás no Dique do Tororó | foto: Rita Barreto
Orixás no Dique do Tororó | foto: Rita Barreto

 

04. Sincretismo

Participar do sincretismo baiano na missa de domingo da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Pelourinho, cantada com ritmos africanos acompanhados pela percussão dos atabaques de candomblé.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Pelourinho | foto: Tatiana Azeviche/Setur
Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Pelourinho | foto: Tatiana Azeviche/Setur

 

05. Vista pro mar

Parar para um lanche à tarde no Café Terrasse do casarão colonial da Aliança Francesa, pendurado em penhasco e com vista deslumbrante para o mar, do alto da ladeira da Vitória.

Vista do bistrô
Vista do bistrô | divulgação

 

06. Arte

Conhecer a coleção de jóias de crioula do Museu Carlos Costa Pinto.

Adornos pertenceram a mulheres negras alforriadas ou escravas dos séculos 18 e 19 | divulgação
Adornos pertenceram a mulheres negras alforriadas ou escravas dos séculos 18 e 19 | divulgação

 

07. Gastronomia e história

Depois do Pelourinho, seguir até o Convento do Carmo para comer um toucinho do céu no restaurante português na galeria de um dos claustros que tem vista para a piscina e pátio interno. Em seguida, pedir para conhecer a linda sacristia que somente é aberta para os hóspedes do hotel.

Altar da Igreja do Carrmo | foto: Tereza Torres
Altar da Igreja do Carrmo | foto: Tereza Torres


08. Cultura local

Vasculhar sem pressa a incrível Feira de São Joaquim e se perder em seus corredores cheios de surpresas.

Lojinha na Feira de São Joaquim | foto: Rita Barreto
Lojinha na Feira de São Joaquim | foto: Rita Barreto


09. Delícias baianas


Almoçar uma das moquecas do Paraíso Tropical, no Cabula, preparada com frutas colhidas no pomar do próprio restaurante.

Delícias da Bahia no restaurante Paraíso Tropical | foto: Rita Barreto
Delícias da Bahia no restaurante Paraíso Tropical | foto: Rita Barreto

 

10. Entrar no clima


Dançar no salão descoberto, sob céu de estrelas, nas festas do centenário Clube Fantoches, que recebem artistas convidados como Moraes Moreira, Carlinhos Brown e Gilberto Gil.

Clube Fantoches, em Salvador
Moraes Moreira no Clube Fantoches, em Salvador | divulgação

 

11. Atrás do trio elétrico


Escolher a fantasia mais divertida para sair na quinta-feira de Carnaval na pipoca do bloco Os Mascarados, sem corda e sem abadá.

Bloco Os Mascarados: um clássico do carnaval baiano | divulgação
Bloco Os Mascarados: um clássico do carnaval baiano | divulgação

 

Salvador-Bahia    Veja mais roteiros na Bahia »

 

Alexandre Moreira é empresário paulista. Nos verões tropicais, deseja se desprogramar e ser quase baiano

 

Vai viajar? Confira ofertas de hotéis em Salvador »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 thoughts on “11 programas para se encantar em Salvador”