Nova Zelândia: Ilha Norte é tão exuberante que parece lenda

por Tatiana Perim

13 mar, 2014
TATIANA PERIM
Auckland é a maios cidades da Nova Zelândia | Tatiana Perim
Auckland é a maios cidades da Nova Zelândia | Tatiana Perim

 

O nome Maori para a ilha norte é Te Ika a Maui, o “peixe de Maui”. A mitologia Maori explica que a Nova Zelândia surgiu a partir de uma briga de irmãos durante uma pescaria. A história conta que Maui, um semideus, e seus irmãos estavam pescando em sua canoa (que representa a ilha sul). De repente ele pescou um peixe grande. Enquanto tentava tira-lo do mar, seus irmãos começaram a brigar pelo peixe que acabou escapando. O peixe tornou-se a Ilha Norte. A lenda ainda conta que as montanhas e vales da ilha surgiram  como resultado da briga dos irmãos.
A verdade é que a Ilha é tão exuberante que realmente parece lenda.

Auckland, por exemplo, sua maior e mais importante cidade, é conhecida como a “cidade dos veleiros”, pois tem o maior índice de barcos per capita do planeta. Rodeada por montanhas imponentes, impressiona com suas praias cintilantes e intocadas, suas ilhas subtropicais com uma rica flora e fauna em um mar verde esmeralda. No centro vulcânico, há vastos lagos em crateras antigas, e os altos cones de vulcões evocam o passado turbulento da paisagem.

Auckland é conhecida como a cidade dos veleiros | Tatiana Perim
Auckland é conhecida como a cidade dos veleiros | Tatiana Perim

Outro lugar que impressionou foi a ilha Waiheke, a 35 minutos de ferryboat do centro de Auckland. Waiheke esbanja beleza e charme. Além de praias paradisíacas, lá você encontra os melhores vinhos do país. Nessa região, a cabernet sauvignon amadurece de maneira exuberante e seus vinhos rivalizam com os melhores do mundo. Ao explorar a ilha, você certamente vai topar com algumas vinícolas.

Nova Zelândia: Ilha Norte é tão exuberante que parece lenda | Tatiana Perim
Vista da Ilha Waiheke: praias paradisíacas | Tatiana Perim

 

Estradas da Ilha Waiheke | Tatiana Perim
Estradas da Ilha Waiheke | Tatiana Perim

Vinícolas da região

Comecei pela Man O’ War. Degustei vinhos tintos maravilhosos acompanhados de hors d’oeuvre melhores ainda. Mas o nocaute mesmo foi o mel. O mel desse lugar é maravilhoso!

Depois visitei Stonyridge Vineyard, o espaço é charmosíssimo e possui um restaurante delicioso. Foi uma das melhores refeições da viagem, e certamente, o melhor vinho que experimentei nos últimos tempos, o Larose.

Vista do Stonyridge Vineyard: o melhor vinho | Tatiana Perim
Vista do Stonyridge Vineyard: o melhor vinho | Tatiana Perim

Também perto de Auckland, estive em Piha, uma vila litorânea bem descontraída a 45 minutos da cidade. A praia é um espetáculo com sua areia negra e costa acidentada. É um verdadeiro oásis para surfistas e uma aventura para o visitante, que além de apreciar a beleza do lugar, pode fazer vários passeios por florestas nativas nas colinas circundantes.

Nova Zelândia: Ilha Norte é tão exuberante que parece lenda | Tatiana Perim
Vista da praia de Piha | Tatiana Perim

 

Praia de Piha: surf e passeios por florestas nativas nas colinas circundantes | Tatiana Perim
Praia de Piha: surf e passeios por florestas nativas nas colinas circundantes | Tatiana Perim

Só mesmo através dessas representações visuais da mitologia Maori para conseguir conceber tanta beleza nessa Ilha.

Veja também:

Voo panorâmico revela paisagens lunares na Nova Zelândia » 

Tatiana Perim é publicitária e apaixonada por aventura e viagem. Ela possui um projeto de viagem com uma proposta de conduta interessante: ter mais calma e equilíbrio na vida. Dê uma olhada em seu blog: Motto Slow Travel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 thoughts on “Nova Zelândia: Ilha Norte é tão exuberante que parece lenda”

  1. Estive lá e posso assegurar que todo elogio é pouco para esta região, isso é a ponta de um Iceberg, pois tem muito e muito mais lugares maravilhosos na ilha norte da Nova Zelândia, se você for nunca ira se arrepender…