Conheça os animais curiosos de Flores, na Indonésia

Por Tatiana Perim

7 jul, 2012
TATIANA PERIM / MOTTO SLOW TRAVEL
Labuan Bajo - Indonésia
Labuan Bajo | Tatiana Perim

 

Labuan Bajo é uma vila no centro do Parque Nacional de Komodo, localizada na parte oeste de Flores, ao leste do arquipélago da Indonésia. A área ainda é pouco desenvolvida, apesar da crescente procura dos turistas.

A vila serve como porto de acesso às pequenas ilhas semidesérticas de Rinca e de Komodo, onde se pode ver os assustadores dragões de Komodo, as gigantescas raposas-voadoras e mergulhar no magnífico recife de coral com as mantas raia. Tudo isso em um cenário delirante, com suas várias camadas de montanhas cônicas, grandes vulcões, um mar cor de esmeralda e um sol alaranjado.

Parque Nacional de Komodo - Indonésia
Parque Nacional de Komodo | Tatiana Perim

Os dragões de Komodo só existem em duas das milhares de ilhas que compõem a Indonésia: Rinca e Komodo. De Labuan Bajo, Rinca  é mais acessível, cerca de 2 a 3 horas de barco. Já Komodo, pode levar 4 a 5 horas de barco do porto. Na realidade as duas ilhas são quase iguais, é praticamente garantido avistar os dragões em ambas, a única diferença é que Komodo é um pouco mais extensa.

Ilha de Rinca - Indonésia
Ilha de Rinca | Tatiana Perim

Os dragões são os maiores lagartos do mundo, podem medir até 3 metros de comprimento, pesar até 100kg e possuem uma saliva mortífera que contêm bactérias extremamente tóxicas. Eles têm compridas unhas negras que dariam inveja ao Zé do Caixão e uma cauda cujo impacto poderia transformar facilmente qualquer ser humano em purê de gente. Por isso todas as visitas às ilhas são feitas na companhia de um guarda florestal munido de uma forquilha para evitar eventuais imprevistos. Afinal, essas enormes criaturas reptilianas são capazes de correr até 20 km/h, o que torna impossível qualquer chance de escapar.

Dragões de Komodo - Flores - Indonésia
Dragões de Komodo: os maiores lagartos do mundo | Tatiana Perim

Sim, os dragões de Komodo atacam e matam tudo o que se move à sua frente, inclusive seres humanos. Nas ilhas em que vive, o réptil é responsável por várias mutilações de adultos e mortes de crianças. As ilhas são habitadas também por muitas outras espécies selvagens como javalis, búfalos e diversos tipos de aves e répteis. Por isso, as pessoas que vivem perto desses animais constroem suas casas em cima de pilares de madeira para evitar acidentes.

Outro espetáculo à parte é presenciar o voo dos flying-foxes, uma espécie de morcego gigante. São chamados de raposas-voadoras, pois possuem um focinho alongado, semelhante a uma raposa e suas asas podem atingir até 1,5 metro de envergadura.

Flying-fox - Flores - Indonésia
Flying-fox | Tatiana Perim

Os flying-foxes comem principalmente frutos, folhas e flores e são essenciais para a polinização das árvores. É incrível assisti-los em bando, voando elegantemente, preenchendo o céu e impressionando pelo seu tamanho e destreza. Todos os dias a partir das 18h, milhares deles levantam voo juntos e rumam ao continente atrás de comida.

O voo dos flying-foxes - Flores - Indonésia
O voo dos flying-foxes | Tatiana Perim

Além de suas belas e paradisíacas praias e cenários idílicos, a região do Mar das Flores é um dos melhores e mais surpreendentes lugares do mundo para mergulhar.

Mergulho na região do Mar das Flores - Indonésia
Mergulho na região do Mar das Flores | Tatiana Perim

Suas águas claras e temperadas albergam uma grande variedade de flora e de fauna marinha: tubarões, mantas raia, peixes de todas as cores, tartarugas; fazem qualquer mergulhador experiente ficar sem ar. Aqui, o paraíso revela-se na forma de águas límpidas e tranqüilas, numa vegetação vasta, exuberante e em cores vivas.

Flores - Indonésia
Manta Raia no Mar das Flores – Indonésia

Leia mais sobre a Indonésia: www.mottoslowtravel.com.br


Tatiana Perim
é publicitária e apaixonada por aventura e viagem. Ela possui um projeto de viagem com uma proposta de conduta interessante: ter mais calma e equilíbrio na vida. Dê uma olhada em seu blog Motto Slow Travel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

One thought on “Conheça os animais curiosos de Flores, na Indonésia”