Conheça 11 templos imperdíveis na Índia

Por Tatiana Perim

14 jun, 2012

Na Índia, até o mais fiel dos ateus poderá sentir a força de todo um legado espiritual, religioso e filosófico de uma milenar tradição.

O único país capaz de democratizar a religião de uma forma natural e leve, a Índia mostra uma tolerância religiosa surpreendente. Talvez pela quantidade de deuses adorados por diferentes segmentos da sociedade, os hindus respeitam também todos os deuses e profetas de seus países vizinhos.

São mais de 3 milhões de deuses, cada um com um significado específico provindos de 3 forças divinas: G.O.D.: Generator, Operator e Destroyer ou Brahma o gerador, Vishnu operador (ou organizador) e Shiva destruidor. Os demais deuses são reencarnações e filhos dessas 3 divindades.

Portanto, ir à Índia sem entrar em seus templos religiosos significa não visitar o país. Aproveite a oportunidade para aprender mais sobre o hinduísmo, religião seguida pela maioria da população indiana. Islamismo, budismo, cristianismo, jainismo e sikhismo estão entre as muitas outras religiões praticadas no país.

Vale arriscar alguns minutos de reflexão em um dos milhares de templos hindus espalhados pelo país.


01. Karni Mata, o Templo dos Ratos

Karni Mata ou “templo dos ratos”, próximo de Bikaner, no Rajastão, foge totalmente do padrão de todos os santuários da Índia. Esse templo se diferencia não somente pelas enormes paredes revestidas de mármore branco e pelo seu imponente portão decorado com ouro e prata; mas também pela quantidade de ratos que habitam seu interior.

Anualmente, o local recebe milhares de visitas dos habitantes locais (hindus) e de turistas das mais variadas partes do mundo. A idéia é homenagear a deusa Durga e buscar a benção transmitida pelos ratos ao passarem por seus pés.

Existem alguns mistérios no local. Um deles é o fato dos ratos nunca saírem de dentro do templo, apesar das portas ficarem sempre abertas. Nunca houve nenhum caso de doença causada pelos ratos e também nunca foi visto uma ninhada ou rata grávida no local.

Outra coisa que intriga é que o número de ratos nunca cresce, mantendo uma quantidade sempre estável de aproximadamente 200 mil.

Portal de entrada do Templo dos Ratos | Tatiana Perim


02. Khajurajo e o Kama Sutra

Em Madhya Pradesh, na Índia central, esconde-se uma pequena vila chamada Khajuraho. A população não passa de 5 mil habitantes e, surpreendentemente, essa vila tem até um grande aeroporto – a única vila da Índia a ter um. O motivo: os templos magníficos com suas esculturas em calcário e as estátuas que representam a arte milenar da educação sexual da época, o kama sutra.

Os templos de Khajurajo | Tatiana Perim

03. Templos Jainistas dentro do Forte de Jaisalmer

Dentro da fortaleza de Jaisalmer escondem-se templos jainistas magníficos, arquitetados e esculpidos lindamente em arenito, combinando com as edificações da cidade. Construídos entre os séculos XII e XV, os templos são ligados por passarelas e corredores impressionantes. O mais antigo e extraordinário templo do forte é o Laxminath. Suas paredes exibem figuras de animais e humanos entalhados em pedra que surpreendem pela quantidade de detalhes e beleza.

Corredores do templo Laxminath | Tatiana Perim


04. Templo Jainista de Ranakpur

O principal templo jainista de Ranakpur, não é somente o maior templo jainista da Índia, mas com certeza é também um dos mais belos. Localizado no Rajastão, a cerca de 60 km de Udaipur, é uma parada obrigatória para quem aprecia história, misticismo e beleza. Construído em mármore branco e decorado com diversas esculturas e colunas talhadas na pedra, sua arquitetura mais parece um jogo de encaixe. As cúpulas são divinas e exibem um trabalho magnífico que contam histórias dos deuses.

Templo jainista de Ranakpur | Tatiana Perim


05. Os Templos de Lodurva perto de Jaisalmer

O Rajastão sem dúvida oferece as maiores e melhores experiências culturais e históricas da Índia. Há muito o que ver e fazer nesse estado mágico. São inúmeros havelis, fortes e templos antiqüíssimos e belíssimos. Os templos de Lodurva, a 16 km de Jaisalmer, são sem dúvida uns dos mais incríveis da região. Uma viagem a Jaisalmer estaria incompleta sem uma visita a esses magníficos santuários. Lodurva foi a antiga capital dos Bhatti Rajputs, mas infelizmente quando os Bhattis transferiram a capital para Jaisalmer, suas construções foram totalmente abandonadas e destruídas. Os templos jainistas foram reconstruídos nos anos 70, e são as únicas construções que relembram a magnificência dessa época.

Parte interna do templo de Lodurva, em Jaisalmer | Tatiana Perim

06. Golden Temple

O Harmandir Sahib, também conhecido como o Golden Temple, é uma construção de tirar o fôlego. Localizado em Amritsar, no estado de Punjab, foi arquitetado pelo Guru Ram Das, o quarto Guru Sikh; e finalizado pelo seu sucessor, Guru Arjan Dev em 1604. O templo sofreu um desgaste com as várias batalhas da época e foi reconstruído em 1764 pelo Maharaja Jassa Singh Ahluwalia. O resultado é de impressionar, foram acrescentadas folhas de ouro e mármore nas paredes, e no seu interior, uma decoração extraordinária com afrescos e pedras semi-preciosas.

Vista de longe do Harmandir Sahib, o Golden Tample | Tatiana Perim

07. Templo do Senhor Brahma em Pushkar

Pushkar por si só já é uma cidade templo. Essa pacífica cidade de peregrinação é cercada por lagos lindíssimos e sagrados. Segundo a lenda, os lagos foram criados a partir das lágrimas do Senhor Shiva, derramadas pela morte de sua esposa Satti. Pushkar é a única cidade da Índia dedicada a Brahma, o Deus Criador. O motivo é um tanto quanto curioso. Acredita-se que durante a cerimônia de casamento de Brahma, sua futura esposa, Savitri, se atrasou. Brahma enfurecido, decidiu casar-se com outra mulher. Mas quando Savitri chegou ao local do casamento e se deparou com seu futuro marido com outra mulher, declarou que o Deus Criador não poderia ser adorado em nenhum outro lugar a não ser em Pushkar. Fato levado muito a sério pelos seus seguidores.

Templo de Brahma | Tatiana Perim

08. Templo no lago Gadisar

O Gadisar é um lago de origem artificial construído em 1367 pelo Maharaja Gadsi Singh Ji. Concebido para armazenar água e para dar mais vida a essa região extremamente seca, acrescentou também um charme extra a Jaisalmer. Na margem do lago, as construções dos ghats, templos e santuários ostentam um estilo arquitetônico único, em arenito, típico da região, dando um ar sereno e divino ao lago Gadisar.

Templo do lago de Jaisalmer | Tatiana Perim

09. Varanasi, a cidade sagrada

Varanasi não é sagrada apenas para os hindus, mas para os budistas também. Foi em Sarnath, a 13 km de Varanasi onde Buda realizou seu primeiro sermão, logo após atingir a iluminação. Varanasi fica no estado de Uttar Pradesh, no nordeste da Índia, e ganhou esse nome por ficar entre os rios Varuna e Asi. A principal atração de Varanasi são os ghats, escadarias de pedra construídas na margem do rio Ganges, onde religiosos do mundo todo tomam banho e realizam os pujas, rituais de adoração. Nos ghats também acontece o ritual de cremação dos mortos, à beira das águas sagradas do Ganges.

Cremato?rio em Varanasi | Tatiana Perim

10. Templo Jagdish em Udaipur

Jagdish é um dos maiores e mais famosos templos de Udaipur. Foi construído pelo Maharana Jagat Singh I em 1651, e é dedicado ao Deus hindu Vishnu. Sua construção é maciça, feita de pedra, com ricos detalhes nas paredes e portas.

Templo Jagdish em Udaipur | Tatiana Perim

11. Orchha, a cidade medieval e seus templos

Orchha, localizada no estado de Madhya Pradesh, foi a capital do antigo reino dos Bundela. Parece ter congelado no tempo com seus muitos templos, palácios e mausoléus erguidos durante nos séculos XVI e XVII. A cidade tem um ar medieval e as construções mantém suas características originais. Os principais  templos são: o Taj Jehangir, Raj Mahal, Rai Praveen Mahal, Laxmi Narayan Templo e o Templo Chaturbhuj.

Templos na Índia
Templos de Orccha | Tatiana Perim

 

 

 

Taj Mahal     Roteiro sugerido » Taj Mahal, o impressionante monumento do amor

 

Tatiana Perim é publicitária e apaixonada por aventura e viagem. Ela possui um projeto de viagem com uma proposta de conduta interessante: ter mais calma e equilíbrio na vida. Dê uma olhada em seu blog Motto Slow Travel

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

One thought on “Conheça 11 templos imperdíveis na Índia”

  1. Muito interessante, mas gostaria de acrescentar os pouco conhecidos e bem mais antigos templos do Sul da Índia em Tamil Nadu!! Não há melhor lugar para conhecer a verdadeira tradição hindu do que as cidades de Madurai, Tanjore, Trichy e Chennai, com seus templos imperdíveis!! Pena que poucos cheguem até lá… Para quem quer saber mais, veja o site da Pisa Trekking Viagens e Turismo. Boa viagem!