Maraú é surpresa tranquila na Bahia

Por Christian Brandão

17 maio, 2010
Werner Zotz
Maraú-Bahia
Praia da Ilha do Goió, voltada para a tranquila baía

A baiana península do Maraú surpreende logo de chegada. A grande extensão de terra, que começa nas proximidades de Itacaré, junto ao rio das Contas, é o início da Costa do Dendê para quem vem do sul. As águas são tão tranquilas quanto o ritmo local. É um lugar para chegar, estirar na areia e não pensar em mais nada.

A beleza das praias e da vegetação impressionam. É difícil encontrar pedaços de terra onde águas clarinhas não se mesclam à vegetação.

As praias de Maraú

A mais conhecida – e famosa, procurada e com infra-estrutura – das praias é a de Taipus de Fora. É lá que se formam as piscinas naturais verdinhas repletas de peixes e outros animais marinhos. Mas fique atento ao calendário lunar. A melhor época para mergulhar é na maré baixa três dias antes e dois dias depois da lua cheia e da nova.

O mergulho nas piscinas de Taipus tem uma vantagem sobre outras praias. Com os pés na areia você coloca seu óculos e snorkel e já mergulha. Não é necessário ficar preso a barcos nem horários.

A estrada que leva até Barra Grande e Taipus passa também pelo pico da região. Ok, são só 51 metros de altura, mas a subida já vale pela vista. É de lá que você consegue ter a noção real de como o braço de terra invade o mar e forma a tranquila baía. O morro do Taipu, como é chamado o pico, tem um diferencial: um Farol quadrado, coisa que poucos lugares no Brasil têm.

Uma visita à península não é completa sem uma passagem pela ponta do Mutá e por Barra Grande.??A ponta do Mutá merece um dia todo. Não que a praia seja enorme e cheia de atrações. Mas a calma reina e passar correndo pela entrada da baía de Camumu é um verdadeiro sacrilégio.

As águas são calmas, claras e mornas. É entrar e se sentir em um grande lago. A areia, fina, é o melhor palco para assistir o pôr-do-sol na região.

Já Barra Grande é a maior vila da península – e mesmo assim sem o burburinho turístico de outros destinos baianos. Bares descolados, boas pousadas e uma vida noturna um pouco mais agitada se instalaram por ali.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 thoughts on “Maraú é surpresa tranquila na Bahia”

  1. Gostei da reportagem sobre a Peninsula de Marau. Fostaria de saber como se pode ir. Existem empresas que oferecem pacote?.
    Peço sua colaboração.
    Grato
    Plínio