Canoagem é o esporte nacional das Ilhas de Tahiti

Por Ethel de Paula

10 jan, 2018
Canoagem Tahiti
Nas Ilhas de Tahiti as canoas são utilizadas como meio de transporte, competição esportiva ou para recreação | TAHITI TOURISME

Assim como o escritor Nelson Rodrigues definiu o Brasil como “uma pátria de chuteiras”, aclamando nossa paixão genuína pelo futebol, nas Ilhas de Tahiti a expressão bem que poderia ter sido adaptada para “uma pátria de remos”. Ali, entre um emaranhado de ilhas paradisíacas emolduradas pela imensidão do Oceano Pacífico, navegar é e sempre foi preciso, desde a colonização. Daí porque a canoagem se tornou, naturalmente, o esporte nacional e umbilical dos polinésios. A ponto mesmo de as crianças já nascerem predestinadas a aprender os intricados segredos da navegação, dando continuidade, geração após geração, à tradição marítima do lugar.

Assim, a canoa é o berço e a concha dos habitantes das ilhas, servindo a um só tempo como meio de transporte, competição esportiva ou recreação. Uma embarcação desenvolvida de acordo com as características locais de cada ilha, mas feita originalmente de três partes fundamentais: o casco (ou hull), o flutuador (ou ama) e os braços que ligam um ao outro (os iaquos).

Canoagem Tahiti
Canoas são o principal meio de transporte nas ilhas de Tahiti | TAHITI TOURISME
Canoagem Tahiti
Canoas estilizadas levam visitantes para passear no mar turquesa da Polinésia Francesa | TAHITI TOURISME
Canoagem Tahiti
Ilhas de Tahiti sediam o maior evento internacional de canoagem em mar aberto | TAHITI TOURISME

 

Canoagem: esporte nacional

Sede do maior e mais longo evento internacional de canoagem em mar aberto, as Ilhas de Tahiti atraem a atenção de todo o mundo, a cada mês de outubro, para a Hawaiki Nui Va’a – também conhecido como o ‘Super Bowl’ das competições de canoas, abrindo passagem a um período de disputadíssimas regatas a céu aberto que põem à prova a força e a resistência de homens e mulheres.

Equipes de seis pessoas competem por 72 milhas (115 quilômetros), desde a ilha de Huahine até Raiatea e Taha’a, para finalmente chegar em Bora Bora. Uma oportunidade única e divertidíssima para saber mais sobre o esporte-mãe da Polinésia, já que a técnica de remada evoluiu bastante ao longo do tempo, e pode variar de acordo com o local onde é praticada ou mesmo a partir da evolução dos modelos das canoas no Havaí e nas ilhas de Tahiti, de acordo com as características do mar em cada uma das regiões.

Canoagem Tahiti
Canoagem é o esporte mais popular nas Ilhas de Tahiti | TAHITI TOURISME
As disputadíssimas competições Va’a se espalham por diversas ilhas | TAHITI TOURISME

Renda-se, portanto, à popularidade do esporte e sua adrenalina contagiante. Vale até fazer aulas antes, e assim chegar preparado para curtir um paraíso sobre as águas a remo.

No Brasil, a difusão da canoagem teve início em 2000, a partir de núcleos no Rio de Janeiro, São Paulo e Santos. Uma modalidade que, desde então, cresce a olhos vistos, a partir de escolas e clubes de treinamento. Mas lembre-se: no nascedouro da canoagem, tudo é ritual e tradição, para além do espetáculo de barcos velozes que criam asas mar adentro, correndo a favor dos ventos fartos.

Exposição de canoas antigas em Ua Huka: embarcação é mística e sagrada para os povos da Polinésia | TAHITI TOURISME

Veja mais dicas e roteiros nas Ilhas de Tahiti

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *