Conheça Istambul, a cidade dividida entre a Europa e a Ásia

Por Dany Colares

10 dez, 2014
Mesquita Azul: um dos cartões postais de Istambul | Dany Colares
Mesquita Azul: um dos cartões postais de Istambul | Dany Colares


Istambul tem uma das culturas mais originais entre todas as cidades em que já estive no mundo. Para começar, esta cidade tem uma população enorme, são mais de 14 milhões de habitantes. Do ponto de vista histórico, Istambul serviu como a capital dos impérios Bizantino, Otomano, Latino e Romano. Você consegue imaginar quantas batalhas foram travadas, quanta terra foi conquistada e quanta história teve lugar nesta cidade ao longo dos séculos?

Istambul é a única cidade do mundo que é dividida entre dois continentes. Metade dela está na Europa e a outra metade fica na Ásia. Você pode pegar uma balsa no Estreito de Bósforo para conhecer ambos os lados.

Um dos pontos positivos de Istambul é o fato de ser uma cidade extremamente barata. Depois de mochilar pela Europa durante um mês ou mais, Istambul foi de longe o destino mais barato da minha viagem. Chá, café e até mesmo a própria Shisha – o famoso cachimbo de água turco – são servidos gratuitamente quando você senta em um bar ou restaurante.

Cultura e pessoas

A Turquia é um país muçulmano, de forma que há certas regras e comportamentos que podem ser diferentes do que você está acostumado. Por exemplo, eles são muito mais reservados na maneira de se vestir. É muito comum que as mulheres cubram o corpo, deixando apenas os olhos de fora. Além das roupas longas, elas vão usar um “hijab” (véu sobre a cabeça) e até mesmo luvas. Mesmo nos dias mais quentes de verão, elas se vestem da cabeça aos pés com roupas pretas.

Mulheres passeiam nas ruas de Istambul | Dany Colares
Mulheres passeiam nas ruas de Istambul | Dany Colares

Dada a localização de Istambul, no cruzamento da Europa com a Ásia, você vai ver uma enorme mistura de culturas de muitos países vizinhos. Se você nunca foi a um país muçulmano antes, poderá observar cuidadosamente a magnífica cultura presente no dia a dia. Sentar em um banco perto da Hagia Sophia para observar como as pessoas se vestem, como falam e como agem, é fascinante.

Fique atento ao atravessar as ruas, os motoristas parecem estar em uma eterna corrida de Fórmula 1. Não se assuste se o motorista do seu taxi avançar sinais, acelerar demais ou buzinar repetidamente. Pode parecer assustador, mas não se preocupe. Eles todos se entendem.

Os turcos são muito extrovertidos e falam alto. Alguma semelhança com brasileiros? Você vai notar isso assim que ver os motoristas colocando a cabeça pra fora do carro e gritando com os carros que estão na frente. Ao conversar com as pessoas da cidade você vai descobrir que eles são solidários e gostam de ajudar os visitantes.

O que fazer em Istambul

Há muitas coisas incríveis para fazer em Istambul. Eu recomendo três ou quatro dias para aproveitar tudo o que a cidade tem de interessante para oferecer.

Faça compras no Grand Baazar (o maior bazar no mundo) e pratique todo seu poder de nogociação em mais de 3 mil lojas. Caminhe até o Castelo Rumelihisari, siga para a cidade no distrito de Beyoglu, visite a Taksim Square, entre na Hagia Sophia e na Mesquita Azul e passeie a noite pela área ao redor da Galata Tower. E em hipótese nenhuma deixe de tomar um banho turco. Um passeio de barco pelo Estreito de Bósforo também deve fazer parte da sua lista de atividades em Istambul.

O colorido dos temperos no Grand Bazaar | Dany Colares
O colorido dos temperos no Grand Bazaar | Dany Colares
Visitar o Grand Baazar é um programa imperdível em Istambul | Dany Colares
Visitar o Grand Baazar é um programa imperdível em Istambul | Dany Colares
Grand Bazaar em momento de oração | Dany Colares
Grand Bazaar em momento de oração | Dany Colares
Basílica Hagia Sophia, em Istambul | Dany Colares
Basílica Hagia Sophia, em Istambul | Dany Colares

A comida

A comida mais famosa e autêntica da Turquia é o kebab – que é servido enrolado em um wrap com frango ou carne e vegetais, um dos alimentos de rua mais gostosos do mundo. Baratos, custam cerca de R$ 5. O pão pita, servido em todo a cidade, também é muito gostoso. Não deixe de provar o pão turco crocante servido como aperitivo.

Experimente o pão turco servido como aperitivo: uma das delícias de Istambul | Dany Colares
Experimente o pão turco servido como aperitivo: uma das delícias de Istambul | Dany Colares

Ao longo do Estreito de Bósforo você vai encontrar pescadores locais em pequenos barcos que vendem sanduíches de peixe fresco. O restaurante é literalmente dentro de cada barco. Você começa a escolher qual o peixe quer e, em seguida, você vai ver o pescador grelhar o peixe bem na frente de seus olhos. São deliciosos.

Além disso, se você gosta de café ou chá, o estilo turco vai lhe encantar. Ambos são servidos em pequenos copos, e tem sabor bem forte. A culinária turca é tão rica que eu não tive uma única refeição ruim nos dias que passei na cidade.

A noite em Istambul

A Istiklal Caddesi é, sem dúvida, a rua mais famosa de Istambul e fica no bairro de Beyoglu. Muitas pessoas passeiam por ali para desfrutar a diversidade de lojas, bares, galerias de arte, restaurantes, mesquitas e sinagogas. À noite, a rua Istiklal torna-se viva com bares e discotecas.

Localizado muito perto de Istiklal, no distrito de Beyoglu, fica a Nevizade Street – outro lugar bacana para conhecer a noite da cidade. A agitação acontece todos os dias da semana. Lá voce vai encontrar lugares para comer, stands de shisha e uma diversidade de bares. E em Istambul você pode fazer isso de domingo a segunda. A fórmula mágica em Beyoglu é: pedir uma bebida, provar a shisha, comer alguma comida deliciosa e conhecer algumas pessoas incríveis. Não tem erro.

Noite em Istambul: bares ao redor da Galata Tower | Dany Colares
Noite em Istambul: bares ao redor da Galata Tower | Dany Colares

À noite, muita gente sai pela zona da Galata Tower pra beber e jogar conversa fora. Faça o mesmo. Este é um ótimo lugar para ir se você quiser fazer alguns amigos turcos antes de sair para os bares. A cerveja local que todo mundo bebe é a Efes. Experimente uma.

Depois de conhecer Istambul você vai ver que no lado europeu ou no lado asiático, você vai se encantar pela cultura de uma cidade com inúmeras qualidades – quase tantas como seu número de habitantes.

Dany Colares é mestra em Cinema e TV e mora em Londres, de onde escreve seu blog de viagens Feriado Pessoal com muitas outras dicas de Istambul.

Veja também:

Istambul: metrópole agitada e riquíssima em história »

Veja mais roteiros na Turquia » RoteirosIncriveis_Turquia

Dicas e Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios *