11 lugares para conhecer em Florença

Por Tina Magalhães

18 jul, 2016

Conhecida como o berço do Renascimento, a bela cidade de Florença é um verdadeiro museu a céu aberto. Repleta de palácios e construções históricas, desde 1982 a cidade italiana foi declarada Patrimônio Histórico da Unesco. Os museus de Florença abrigam clássicos de artistas universais e grandes expoentes do Renascimento como Brunelleschi, Donatello Botticelli e Paolo Uccello, além dos mestres Leonardo e Michelangelo – que tem trabalhos expostos pela cidade. Confira abaixo 11 lugares que você não pode deixar de conhecer na capital da Toscana.

01. Ponte Vecchio

Considerada um dos cartões-postais de Florença, a ponte Vecchio atravessa o rio Arno e é repleta de joalherias e ourivesarias. É a única ponte da cidade que não foi destruída durante a Segunda Guerra Mundial. Não deixe de conferir o pôr do sol da ponte Vecchio: a experiência é inesquecível e deixa a paisagem de Florença ainda mais bonita.

Considerada um dos cartões-postais de Florença, a ponte Vecchio foi construída em 1345 | ENIT
Considerada um dos cartões-postais de Florença, a ponte Vecchio foi construída em 1345 | ENIT

02. Piazza della Signoria

A praça, um dos pontos mais visitados por turistas na capital da Toscana, abriga em seu entorno edifícios como a Galleria degli Ufizzi, o Palazzo Vecchio e a Loggia dei Lanzi – além de charmosos cafés. Na Piazza della Signoria é praticamente um museus a céu aberto e lá voce encontra estátuas como uma réplica da de Davi, de Michelangelo, a Fonte de Netuno, Hercules e Caco.

Piazza della Signoria: um dos lugares mais visitados em Florença | ENIT
Piazza della Signoria: um dos lugares mais visitados em Florença | ENIT

03. Palazzo Vecchio

Sede da prefeitura de Florença, o Palazzo Vecchio é o melhor exemplo da arquitetura urbana do século XIV e um dos palácios mais conhecidos da Itália. Seu imponente aspecto de forte domina e embeleza a paisagem da Piazza della Signoria. Não deixe de conhecer o Museo di Palazzo Vecchio, com suas belíssimas salas históricas e a notável torre.

Palazzo Vecchio: um dos palácios mais conhecidos da Itália | ENIT
Palazzo Vecchio: um dos palácios mais conhecidos da Itália | ENIT

04. Loggia dei Lanzi

Construído nos anos 1300, Loggia dei Lanzi funcionava como um local de assembleias públicas e hoje é um exemplo único de uma galeria de esculturas ao ar livre. Entre as obras expostas, destacam-se “Perseu e a cabeça da Medusa”, de Benvenuto Cellini, e a escultura de mármore “Rapto das Sabinas”, obra de Giambologna. Um lugar para parar e apreciar!

Loggia dei Lanzi fica na Piazza della Signoria | divulgação
Loggia dei Lanzi fica na Piazza della Signoria | divulgação

05. Igreja de Orsanmichele

Criada originalmente para funcionar como um mercado de grãos, a Igreja de Orsanmichele chama atenção por seu exterior repleto de estátuas em nichos. Para ver as originais, entre no museu, localizado no interior da igreja.

O edifício foi construído em 1336 como um mercado de grãos | divulgação
O edifício foi construído em 1336 como um mercado de grãos | divulgação
Detalhe do interior da Igreja de Orsanmichele, em Florença | divulgação
Detalhe do interior da Igreja de Orsanmichele, em Florença | divulgação

06. Piazza Duomo

A praça, localizada no centro histórico de Florença, é dominada por um conjunto de edifícios cuja beleza é de tirar o fôlego: a grandiosa e belíssima catedral com sua famosa cúpula de tijolos vermelhos, o Campanário de Giotto e o Batistério de San Giovanni. Construída entre 1296 e 1461, a Catedral de Santa Maria del Fiore (Duomo), domina o skyline da cidade. Vale subir nos seus terraços panorâmicos e conferir uma belíssima vista de Florença.

Piazza Duomo fica no centro histórico de Florença | divulgação
Piazza Duomo fica no centro histórico de Florença | divulgação
Duomo de Florença: em estilo gótico, a catedral se destaca pela cúpula renascentista i ENIT
Duomo de Florença: em estilo gótico, a catedral se destaca pela cúpula renascentista i ENIT

07. Galleria dell’Accademia

Fundado em 1593 como primeira escola da Europa dedicada ao ensino de técnicas de desenho, pintura e escultura, o lugar tem como principal atração a escultura original “Davi”, de Michelangelo, dentre outras obras de arte de nomes como Botticelli, Ghirlandaio e Pontormo. É possível fazer um tour privado guiado, que dura cerca de 1h30.

Galleria dell’Accademia, em Florença | divulgação
Galleria dell’Accademia, em Florença | divulgação
Escultura "Davi", de Michelangelo, na Galleria dell’Accademia | divulgação
Escultura “Davi”, de Michelangelo, na Galleria dell’Accademia | divulgação

08. Palazzo Pitti

Construído para ser uma das residências do banqueiro Luca Pitti, o palácio renascentista posteriormente foi comprado pela família Médici. Composto de centenas de quartos e salas, o Palazzo Pitti abriga um complexo de museus, entre eles a Galeria Palatina, os Apartamentos Reais, a Galeria de Arte Moderna e a Galeria do Traje.

Palazzo Pitti abriga um complexo de museus | divulgação
Palazzo Pitti abriga um complexo de museus | divulgação

09. Giardino di Boboli

Localizado atrás do Palazzo Pitti, o belo jardim tem mais de 45.000 metros quadrados de área verde, com diversas fontes e esculturas dos séculos XVI a XVIII.

Giardino di Boboli tem mais de 45.000 metros quadrados de área verde | divulgação
Giardino di Boboli tem mais de 45.000 metros quadrados de área verde | divulgação

10. Galleria Uffuzi

Localizada entre o rio Arno e a Piazza della Signoria, a Galleria Uffuzi é o principal museu de Florença e possui o mais importante acervo de pinturas renascentistas do mundo. A Uffuzi abriga valiosas coleções e obras de diversos períodos de artistas como Leonardo da Vinci, Caravaggio, Rembrandt, Michelangelo e Botticelli – com os famosos quadros “A Primavera” e “O Nascimento de Vénus”. Na alta temporada as filas são enormes, mas vale cada minuto de espera.

Galleria Uffuzi possui o mais importante acervo de pinturas renascentistas do mundo | divulgação
Galleria Uffuzi possui o mais importante acervo de pinturas renascentistas do mundo | divulgação

11. Piazzale Michelangelo

Localizada na parte mais alta da cidade, a praça Michelangelo permite aos visitantes uma belíssima vista panorâmica de Florença. Popular entre turistas e moradores da cidade, a praça foi projetada pelo arquiteto florentino Giuseppe Poggi,

Subir até a praça Michelangelo é uma ótima pedida para ver a linda Florença do alto | divulgação
Subir até a praça Michelangelo é uma ótima pedida para ver a linda Florença do alto | divulgação
Vista panorâmica do rio Arno a partir da praça Michelangelo | divulgação
Vista panorâmica do rio Arno a partir da praça Michelangelo | divulgação


Veja roteiros para a Toscana »
CieliDiToscana

Veja também:

Roteiro de luxo inclui conversíveis e passeio de iate na Costa Amalfitana »

Veja mais roteiros na Toscana »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *