Meu roteiro: Cinque Terre é um dos lugares mais encantadores da Itália

Por Drica Grespan

27 jun, 2017
Riomaggiore - Cinque Terre - Italia
Riomaggiore: uma das maravilhas de Cinque Terre | Drica Grespan

Todos nós temos sonhos, não? Um sonho que sempre tive foi conhecer a Itália, terra do meu pai e dos meus avós. Mas, em especial mesmo, o desejo de conhecer Cinque Terre! Chegava a imaginar descendo as ruas em direção à praia, passando na padaria para tomar meu café…Queria viver lá por um ano pelo menos.

Para quem ainda não ouviu falar, são cinco vilarejos no litoral da Ligúria: Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso al Mare. As cinco cidades formam o Parque Nacional Cinque Terre, tombado pela Unesco como patrimônio mundial. Os vilarejos ficam nas encostas dos morros, emoldurados pelo Mar Mediterrâneo – e contam com uma atmosfera única e cenários inspiradores.

Manarola - Cinque Terre - Italia
Visual mágico em Manarola: colinas e vinhedos | divulgação

 

Como chegar a partir de Florença

Minha opção ao viajar pela Itália sozinha sempre foi o trem. São 150km partindo de Florença para La Spezia, porta de entrada para Cinque Terre. O trem regional tem duas opções: você pode seguir direto para La Spezia, em uma viagem que dura 2h40, ou fazer uma conexão em Pisa e lá pegar um trem de alta velocidade que chega em 2 horas.

Cinque Terre - Italia - Trem
Trem para Cinque Terre | Drica Grespan

Optei pela conexão e assim aproveitei para conhecer Pisa, ou melhor, a Torre de Pisa. Isso é possível durante o tempo de espera da conexão. Saí da estação principal, Pisa Centrale, de ônibus, para ver a Torre e retornei sem problemas. Você pode deixar a bagagem no guarda malas da estação.

Já hospedada em La Spezia você pode adquirir o voucher para o barco que irá levá-lo ao paraíso. Cheguei ao meio dia em La Spezia e decidi ir somente no dia seguinte para Cinque Terre. Aproveitei a tarde para conhecer a cidade, que é linda também.

Cinque Terre - Italia
Visita a Torre de Pisa durante a conexão de trem | Drica Grespan
La Spezia: porta de entrada para Cinque Terre | Drica Grespan
La Spezia: porta de entrada para Cinque Terre | Drica Grespan

Há sete viagens diárias (oito nos finais de semana) partindo de La Spezia para Cinque Terre. É importante lembrar que de novembro a março não há transporte de barco. Você pode também optar pelo trem. O trajeto completo de trem, parando em todas as Terre, leva 29 minutos entre La Spezia e Monterosso.

A caminho de Cinque Terre

Na manhã seguinte parti para Cinque Terre, mas antes aportamos em Portovenere – considerada a “sexta Terre”. Vale demais esse passeio.

Portoverene - Cinque Terre - Itália
Portoverene: vale a parada | Drica Grespan

No percurso de ida o barco aporta em cada uma das Terres – exceto Corniglia, o menor dos cinco vilarejos fica a cerca de 100 metros acima do nível do mar.  Para chegar lá você pode subir os quase 400 degraus ou optar pelo trajeto de ônibus.

Passear pelas ruelas dos vilarejos revela cenários românticos e coloridos. Não deixe de sentar em um dos cafés ou restaurantes para experimentar a ótima gastronomia local. Nas charmosas lojinhas de Cinque Terre é possível comprar pesto fresco, além de um excelente molho de noz – ótimas lembranças pra trazer dessa viagem dos sonhos.

Manarola-Cinque-Terre-Italia-Drica-Grespan
Manarola, em Cinque Terre | Drica Grespan
Corniglia-Cinque Terre-Italia
Corniglia fica a cerca de 100 metros acima do nível do mar | divulgação

 

Vernazza-Cinque-Terre-Italia-Drica-Grespan
Porto de Vernazza: cenário de cinema | Drica Grespan
Monterosso-Cinque-Terre-Italia
Monterosso al Mare: vila tem charmosos restaurantes de frente para o mar | Drica Grespan

Viajando sozinha

Adoro viajar sozinha. É uma viagem que começa logo após você clicar em “comprar passagem”. A elaboração do roteiro, pontos à visitar, hospedagem, tudo é uma linda aventura e aguça todos os sentidos. Não sei vocês, mas amo perder-me no mundo. Sério, gosto muito de mapas, GPS, de me perder e achar pelas ruas de um lugar desconhecido.

A desvantagem, se é que pode chamar assim, é que viajando só, você tem que beliscar a si própria para se convencer que o sonho virou realidade.

 

Veja mais roteiros na Itália »

 

Drica Grespan tem problema de encantamento e não se contenta em guardar somente na retina tudo o que vê. Faz voo solo aos 5.0 e ama a aventura de descobrir lugares e pessoas. Para mais fotos, acesse: dricagrespan.wixsite.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários sobre “Meu roteiro: Cinque Terre é um dos lugares mais encantadores da Itália”

  1. Que delícia de relato!
    Tive a felicidade de incluir Cinque Terre no meu roteiro quando fui à Itália. Lendo esse relato revivi os ótimos momentos nesse lugar encantador.

  2. Voyage! viajar eis a questão… Andar…sentir e escrever no coração e no diário da Vida. …

  3. Drica, ao ler o seu relato e admirar as suas fotografias, me deu uma baita vontade de andar por aqueles lugares. Grato por me mostrar uma de tantas belezas desse mundo maravilhoso!
    Beijo afetuoso my dear!
    Atenciosamente;
    Izaqueu Araújo Silva Teixeira