11 lugares interessantes na Cidade do México e arredores

Por Jacilio Saraiva 

29 maio, 2017

A Cidade do México é uma caixa de boas surpresas, a cada esquina. Com atrações históricas, gastronômicas e culturais, mostra que o país tem muito mais a oferecer do que as belas praias de Cancun.

 

01. Museu Nacional de Antropologia

É considerado o mais importante acervo de peças pré-hispânicas. O espetáculo começa na entrada: o pátio central é quase todo coberto por uma placa de concreto de 84 metros de extensão, sustentada por uma única coluna de 11 metros de altura. Se tiver pouco tempo, comece pela sala Mexica, que abriga a famosa Pedra do Sol, que representa um calendário ritual. Aproveite para fazer compras na loja do museu, a melhor do circuito museológico da cidade.

Museu Nacional de Antropologia: considerado o mais importante acervo de peças pré-hispânicas | Jacilio Saraiva
Museu Nacional de Antropologia: considerado o mais importante acervo de peças pré-hispânicas | Jacilio Saraiva

02. Zócalo

No centro histórico, é uma das maiores praças públicas do mundo. É cercado pela Catedral Metropolitana e pelo Palácio Nacional, local de trabalho do presidente Enrique Peña Nieto, além de prédios antigos e hotéis. Todos os dias, às 6h e às 18h, um grupo de soldados suspende e retira a bandeira gigante do país, fincada no meio da praça. Um dos melhores locais para admirar o conjunto é o terraço do Hotel Majestic, que serve um ótimo almoço com preço fixo.

Zócalo fica no centro histórico da Cidade do México | Jacilio Saraiva
Zócalo fica no centro histórico da Cidade do México | Jacilio Saraiva

03. Catedral Metropolitana

A maior igreja da América Latina demorou quase três séculos para ser construída. São seis altares principais e 16 capelas laterais. Ao entrar, é fácil perceber que a construção está afundando no terreno, local do antigo lago Texcoco. Atenção ao coro com balaustrada feita de ligas de ouro.

Catedral Metropolitana é a maior igreja da América Latina | Jacilio Saraiva
Catedral Metropolitana é a maior igreja da América Latina | Jacilio Saraiva

04. Secretaria de Educação Pública

O prédio concluído em 1639 funcionou como um convento e abriga uma série de murais pintados por Diego Rivera (1886-1957), entre 1923 e 1928. As obras se espalham do térreo ao terceiro andar, entre corredores e escadarias.

Mural pintado por Diego Rivera na Secretaria de Educação Pública | Jacilio Saraiva
Mural pintado por Diego Rivera na Secretaria de Educação Pública | Jacilio Saraiva

05. Casa dos Azulejos

Conhecido pelas paredes de azulejos azuis e brancos, o prédio do século 16 abriga um concorrido restaurante em um pátio interno, banhado de luz natural. Suba até o primeiro pavimento para ter uma visão geral do ambiente. Na escadaria, você vai ver um mural de José Clemente Orozco (1883-1949), pintado em 1925.

Casa dos Azulejos é um prédio de século 16 | Jacilio Saraiva
Casa dos Azulejos é um prédio de século 16 | Jacilio Saraiva

06. Bar La Ópera

No mesmo endereço desde 1895, é conhecido como um dos bares mais antigos do México. Ficou famoso pelo suposto tiro que Pancho Villa deu no teto do salão. O buraco da bala continua lá. As mesas em forma de gabinete de madeira maciça e o amplo balcão do bar são convites certeiros para uma tarde de “micheladas” (cerveja com suco de limão e sal).

Bar La Ópera: um dos mais antigos do México | Jacilio Saraiva
Bar La Ópera: um dos mais antigos do México | Jacilio Saraiva

07. Gran Hotel Ciudad de México

Com decoração art-nouveau e vitrais gigantes assinados pela Tiffany, vale a pena visitar o átrio deste hotel, no centro da cidade. Nos finais de semana, é servido um brunch no terraço, com vista para o Zócalo.

Hotel tem vitrais gigantes assinados pela Tiffany | Jacilio Saraiva
Hotel tem vitrais gigantes assinados pela Tiffany | Jacilio Saraiva

08. Bosque de Chapultepec

O maior parque do México foi aberto ao público no século 16 e abriga o Museu Nacional de Antropologia e um castelo do século 18, no alto de uma colina, com uma bela vista da cidade. O Museu de Arte Moderno, também no local, abriga uma das obras-primas de Frida Khalo, “As Duas Fridas”. Há, ainda, um zoológico e um lago com barquinhos.

Bosque de Chapultepec é o maior parque do México | Jacilio Saraiva
Bosque de Chapultepec é o maior parque do México | Jacilio Saraiva

09. Museu Frida Khalo

Mais conhecido como Casa Azul, foi a residência onde Frida Khalo (1907-1954) nasceu, viveu boa parte da sua vida e morreu. Há objetos pessoais da pintora e de seu marido, Diego Rivera. Prepare-se para passar, pelo menos, quinze minutos na fila diária que se forma na rua. Depois, aproveite para conhecer o bairro colonial de Coyoacán e conferir as mostras de filmes na moderna Cineteca Nacional.

La Casa Azul revela o mundo colorido de Frida Kahlo | Jacilio Saraiva
La Casa Azul revela o mundo colorido de Frida Kahlo | Jacilio Saraiva

10. Basílica de Santa Maria de Guadalupe

É como ir ao Rio de Janeiro e não conhecer Copacabana. O conjunto de igrejas e capelas é um dos santuários católicos mais visitados das Américas. No local, acredita-se que uma Virgem Maria de pele morena foi vista, pelo menos, quatro vezes. Não deixe de entrar na Capela Del Pocito, pérola do barroco mexicano.

Basílica de Santa Maria de Guadalupe é um dos santuários católicos mais visitados das Américas | Jacilio Saraiva
Basílica de Santa Maria de Guadalupe é um dos santuários católicos mais visitados das Américas | Jacilio Saraiva

11. Pirâmides de Teotihuacán

A 40 minutos de carro da Cidade do México, é um dos sítios históricos mais importantes da era pré-colombiana. Um conjunto de avenidas reúne duas pirâmides gigantes (a do Sol e a da Lua) e uma série de construções menores. Se você não quiser andar muito, entre pelo portão 02, com acesso às pirâmides principais. No ‘dress code’, tênis, boné e protetor solar.

As Pirâmides de Teotihuacán ficam a 40 minutos da Cidade do México | Jacilio Saraiva
As Pirâmides de Teotihuacán ficam a 40 minutos da Cidade do México | Jacilio Saraiva

 

Jacilio Saraiva é jornalista e escreve sobre empreendedorismo e novos negócios

Veja também:

Dicas para comer bem na Cidade do México »
La Casa Azul revela o mundo colorido de Frida Kahlo »

Vai para a Cidade do México? Veja oferta de hotéis » 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um comentário sobre “11 lugares interessantes na Cidade do México e arredores”